Migração de banco de dados: o que é e como deve ser feita

Como você armazena as informações de fornecedores, clientes e colaboradores? Esses dados estão seguros? E quanto você gasta para manter o banco de dados do seu negócio hoje? 

Embora pareçam básicas, essas perguntas são essenciais para qualquer empresa e devem estar na pauta do dia da sua gestão de TI. Afinal, a tecnologia tem avançado rapidamente e é preciso acompanhar as mudanças para se manter competitivo no mercado.  

Realizar uma migração do banco de dados exige uma série de cuidados a fim de preservar um dos ativos mais valiosos da sua empresa. Por isso, é preciso colocar essa tarefa nas mãos de quem entende do assunto, a fim de garantir a integridade das informações e preservar o funcionamento das atividades do seu negócio.  

Venha descobrir as vantagens de investir na migração do banco de dados e como realizá-la de maneira eficiente. 

O que é a migração do banco de dados?

O banco de dados é uma espécie de repositório eletrônico, que reúne e possibilita o gerenciamento e compartilhamento das mais diversas informações de uma organização. Cada dado deve ser arquivado de forma segura, organizada e estruturada. A migração consiste na transferência dos dados de um local para outro. 

Com a tecnologia, a capacidade de armazenamento e organização dessas informações têm evoluído de maneira muito rápida. Para exemplificar: veja seu smartphone atual, ele certamente tem uma capacidade muito maior do que o aparelho que você usava há cinco anos.  

Se nos dispositivos mais usados no dia a dia o armazenamento evoluiu tanto nos últimos anos, é claro que as opções para o ambiente corporativo também se modernizaram. Com a transformação digital e a velocidade com que os dados são gerados, novas formas de consumo, ambientes virtuais de compra e venda, entre outras mudanças, o volume de informação cresce a cada dia e é essencial estar pronto para essas demandas.  

Com isso, seu negócio ganha mais eficiência, segurança digital e a possibilidade real de redução de custos – quando se opta por uma migração para nuvem, por exemplo, que não exige a manutenção de parque tecnológico físico na empresa.  

Dica para você!  Saiba como um sistema de monitoramento NOC pode aumentar a sua cibersegurança 

Como fazer a migração do banco de dados 

Conhecer as tecnologias disponíveis e que se adequem às suas necessidades, buscar alternativas reais de melhoria para TI e entender os riscos e os benefícios da migração são os primeiros passos nesse caminho. 

Também é importante levar em conta ganhos de eficiência e agilidade: a facilidade de acesso às informações deve garantir melhorias em diversos processos dentro da empresa, bem como abrir espaço para novas demandas.  

Uma das alternativas mais buscadas nesse sentido é armazenamento em nuvem. Ao basear seu banco de dados em cloud, não há mais necessidade de manter grandes servidores dentro da empresa, nem de uma equipe focada em instalação, manutenção e atualização dos equipamentos. 

Perceba que a migração do banco de dados traz também uma boa redução de custos, já que ela permite a terceirização de vários processos ligados aos servidores. Dessa maneira, a equipe de TI que está dentro da empresa pode estar mais concentrada em aprimorar tarefas ligadas à produtividade. Ter profissionais inteiramente focados no core business é mais uma vantagem da migração. 

Dica para você!  Conheça serviços que vão elevar a sua gestão de TI! 

Atenção à LGPD! 

Por último, mas com a mesma importância dos itens anteriores, é preciso se manter atento a aspectos ligados à cibersegurança. A LGPD está em vigor e prevê multas e sanções para quem não cuida corretamente dos dados de clientes e colaboradores. Ter a certeza de que a migração tem como destino um banco de dados com protocolos rígidos de segurança é uma necessidade. 

São diversos fatores a serem observados e o processo de migração de banco de dados deve ser planejado e executado a partir das demandas de cada negócio – a solução que funciona para uma empresa, pode não ser a melhor para outra. 

Por isso, contar com uma consultoria que tenha os melhores profissionais, anos de experiência na gestão de TI e a expertise necessária para promover a migração do banco de dados da forma mais adequada é a certeza de evitar problemas, como perdas de informações ou até paralização de atividades. 

Conte com quem entende do assunto! Entre em contato com a MR Consultoria e venha conhecer as melhores soluções para suas demandas de TI.